Pontos de vista definidos: InicialNorteSulEsteOeste                  Ver modelo isolado

Sintra Capital do Romantismo - www.sintraromantica.net

A ermida votiva a São Mamede de Janas ostenta características únicas. É sem dúvida uma novidade para o Portugal quinhentista, caracterizada por uma inédita planta circular que não pode deixar de nos surpreender, ao mesmo tempo que nos remete à maniera italiana. A influência é clara, há um maneirismo evidente que só pode ter sido projectado por alguém conhecedor da realidade itálica do século XVI. Alguns investigadores atribuem mesmo a autoria do projecto ao arquitecto Francisco de Holanda, que viveu e estudou em Roma durante vários anos sob o patrocínio do rei D. João III.

Situada no meio de um pinhal nas proximidades da aldeia de Janas, a pequena capela, foi construída sobre vestígios de estruturas anteriores. Não temos dados sobre quem terá encomendado esta magnífica obra, se a igreja, a comunidade rural residente na área ou um membro de uma família abastada. A avaliar pela pobreza dos materiais utilizados, os seus encomendantes, não teriam uma quantia muito elevada para disponibilizar, contudo, o facto de se tratar de uma planta de uma erudição superior aguça-nos ainda mais a curiosidade sobre quem terá sido o seu patrocinador e o autor do esboço, visto tratar-se de uma estrutura religiosa situada longe dos grandes centros urbanos e que poucas ou nenhumas mais valias proporcionaria ao autor deste arrojado projecto.

A original planta circular é precedida por uma alpendrada, virada a sul, que a envolve em cerca de 50% da sua área até à capela-mor orientada a oriente, sendo a outra metade sustentada por três poderosos contrafortes que terão sido acrescentados à estrutura recentemente, assim como um anel de pedra que circunda a estrutura e garantem a sustentabilidade dos panos de parede. O despojamento decorativo é uma constante em praticamente todo o templo, excepção feita para o interior do nicho, em abóbada de canhão, onde se encontra o altar-mor, e acrescentado mais tarde.

A história e a tradição desta pequena capela continuam bem vivas. Entre os dias 15 e 17 de Agosto de cada ano, realiza-se a festa em homenagem a São Mamede. A tradição impõe que os proprietários do gado o conduzam em três voltas rituais em torno da capela, no sentido contrário ao dos ponteiros do relógio. O ritual consiste na oferta de cereais, azeite, ceras ou outras oferendas ao santo para, em troca, receberem fitas coloridas que se colocam à volta do pescoço ou nos cabrestos dos animais.



Aberta ao público apenas no horário da missa.

Marcação de visitas:
Paroquia de Sintra
Tel. 21 924 47 44